segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Ode to Irlanda


Vou falar de The Cranberries ... que realizou shows em solo brasileiro esse ano e simplesmente , não consegui ir. Motivo:Esgotado. Pois é, o povo reclama que não tem dinheiro, mas tem show , e os ingressos esgotam de cara , nas primeiras semanas. Já perdi vários shows esse ano por esse mesmo motivo. Não é a toa que os Shows no Brasil são um dos mais caros do mundo. Vocês acham que é a toa que o Brasil , já faz parte do roteiro certo das maiores bandas???? Bondade??? Não. Lucro.

Bom, mas vamos deixar o capitalismo de lado e falar de música.

The Cramberries é uma banda irlandesa que faz juz á sua origem, acho que tenho uma queda por bandas desse país nórdico e muito inspirador. Berço de sons como U2, The Corrs, Enya ( mais pra frente falarei dessas bandas), também tem Cramberries .
Surgiu em 1990 para o mundo com a chegada de Dolores O'Riordan que possuía formação lírica o que deu um tom diferenciado nas músicas da banda. Ouça a combinação de música, voz e letra e  vai saber o que eu falo...A banda é formada também por Noel Hogan (baixista), Mike Hogan (guitarrista) e Feargal Lawlor (baterista) .
Mas só com a música Linger , em 1993 que a banda ganhou prestígio da mídia e não parou po aí...em 1994, lançaram No Need to Argue ( eu tenho...ALTAMENTE RECOMENDADO POR MIM) um álbum que chegou a ser comparado com a força de Nevermind do Nirvana...é mole??? Mas eu concordo... as músicas desse álbum são tudo de bom... Depois acredito que modificaram um pouco seu estilo e creio que a banda é esse álbum. Mas continuam com muitos fãs ...tiro pela vendagem estrondosa dos ingressos na qual eu fiquei chupando dedo...mas outros virão. Espero. Já que desde 2003 eles vivem dando um tempo.

Que tal ouvir...


Ode to My Family


Dreams

Zombie

Famosa Linger: 



Sonzão neh????